Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

8 boas práticas para otimizar a gestão da sua clínica

8boaspraticasparaotimizaragestaodasuaclinica

A gestão da clínica e do consultório é indispensável para a área da saúde, uma vez que requer conhecimento técnico para ocupar cargos de liderança. Nessa função, o gestor deve ser responsável não apenas por manter a qualidade dos serviços prestados à comunidade, mas também pelo bom desempenho das tarefas operacionais e burocráticas.

Pensando nisso, este texto mostra por que otimizar a gestão na área da saúde e explica as 8 dicas práticas para você ser bem-sucedido nessa função a partir de um planejamento eficiente e de uma administração financeira competente. Tem interesse no tema? Então, continue a leitura e descubra informações relevantes sobre o assunto!

Por que otimizar a gestão na área da saúde?

A área da saúde, compreendendo clínicas, hospitais, farmácias, consultórios odontológicos, entre outros, enfrenta grandes desafios no Brasil. A população carece de atendimento e precisa do comprometimento dos profissionais com a comunidade.

Por isso, é indispensável otimizar a gestão na área da saúde. Com mais eficiência administrativa a qualidade dos serviços melhora e os processos internos são padronizados, o que se reflete no controle das finanças e na agilidade do atendimento à população.

Quais são as melhores dicas para impulsionar gestão em saúde?

Até aqui, você percebeu que a gestão em cuidados da saúde implica, pelo menos, melhorar o atendimento aos pacientes e impulsionar os processos internos. No entanto, como tornar a gestão mais eficiente? Separamos dicas práticas para ajudar você nessa importante tarefa!

1. Faça um planejamento eficiente

Não há dúvidas! Ter uma gestão competente requer um planejamento estratégico, com o qual devem ser analisados os gargalos do atendimento apontando, também, possíveis soluções para os problemas. Nesse sentido, é importante que o administrador proponha metas para a instituição baseadas em objetivos a curto e longo prazo.

2. Entenda qual é o papel do seu serviço frente a concorrência

Por outro lado, uma gestão eficiente precisa entender qual é o papel da clínica ou do consultório diante das necessidades dos pacientes. Para isso, é crucial analisar a concorrência, verificando em que aspectos a instituição deve apostar para conquistar ou manter a autoridade no segmento em que atua.

3. Divulgue os serviços com consciência

A concorrência na área da Saúde tende a ser elevada, devido aos inúmeros serviços oferecidos aos pacientes nesse segmento. Mas para conquistar o público é preciso divulgar as competências oferecidas pela instituição, mostrando por que a equipe está preparada para proporcionar qualidade de vida para as pessoas, com infraestrutura de ponta.

Ao mesmo tempo, a divulgação que integra o plano de comunicação da instituição deve ser feita com muita consciência e cautela para não ocultar a prioridade da clínica ou do consultório, que deve ser sempre proporcionar o melhor atendimento às pessoas.

4. Faça um controle eficiente dos prontuários eletrônicos

Como você sabe, a gestão na área da saúde envolve não apenas conhecimento sobre serviços de atendimento à população, mas também requer administração operacional. Nesse sentido, o gestor deve buscar formas eficientes de armazenar e processar os prontuários dos pacientes, por meio do uso de aplicativos e da automação eletrônica.

5. Padronize os processos para melhorar serviço

Padronizar processos é uma estratégia gerencial para evitar possíveis erros operacionais e se aplica, também, à área da saúde. Dessa forma, observe o trabalho da equipe e proponha mudanças, caso seja necessário, para padronizar tarefas, otimizando o tempo gasto pelos profissionais com alguns ofícios.

Assim, vale a pena testar mecanismos de automação, que podem assumir tarefas humanas e poupar o tempo dos funcionários com ocupações mais especializadas na clínica e no consultório.

6. Agilize a marcação de consultas

A marcação de consulta representa um dos primeiros contatos do paciente com a clínica ou consultório e, caso não haja um ótimo serviço prestado à comunidade, provavelmente a agenda da instituição ficará vazia ou parcialmente preenchida. Para não sofrer com esse problema, é preciso agilizar e desburocratizar o agendamento para a população.

Uma dica para ter êxito com a marcação de consultas, atualmente, é apostar em softwares de gerenciamento médico-hospitalar, que prometem otimizar o agendamento eletrônico oferecendo um acesso rápido às informações dos pacientes e dos profissionais de saúde.

7. Invista no atendimento multicanal

O atendimento multicanal já é uma realidade na área da saúde e deve despontar no pós-crise de pandemia do coronavírus, uma vez que a doença altamente contagiosa impôs o distanciamento social e o confinamento de boa parte da população mundial, que começou a investir em teleatendimento, que permite consulta profissional sem que o paciente tenha que se deslocar até o serviço fisicamente.

Essa dica para ter êxito é importante observar o que melhor se adéqua à sua realidade operacional, buscando ampliar a rede de comunicação com os pacientes, tanto por tecnologias conservadoras, como o telefone e o SMS, quanto através de inovações que facilitam o contato entre profissional e paciente, a exemplo de redes sociais e de aplicativos de videochamada.

8. Tenha controle sobre as finanças

O setor financeiro é a base para qualquer decisão gerencial e não seria diferente com as instituições da área da saúde, que devem oferecer o melhor atendimento à população, com uma política de reconhecimento do trabalho prestado pelos profissionais.

Dessa forma, para que clínicas e consultórios controlem as contas, é preciso ficar de olho nos fluxos de operação, a partir dos quais o gestor tem uma ideia concreta sobre as operações financeiras no segmento que atua.

Por que investir na educação continuada ajuda na capacitação profissional?

A experiência profissional conta muito para o desempenho do gestor em áreas da saúde, mas é preciso estar sempre atualizado sobre as novidades e os desafios nesse segmento de atuação. Dessa forma, uma última dica é investir em educação continuada, apostando em cursos de ensino EAD na graduação e na pós-graduação.

Neste post, você aprendeu por que a eficiente gestão da clínica e do consultório deve ser uma prioridade para cargos de liderança na área da saúde. Por isso, faça um planejamento financeiro, acompanhando os desafios do setor, divulgando serviços com consciência e focando, sempre, na qualidade do atendimento e no bem-estar do paciente.

Gostou do texto? Então, compartilhe a sua experiência profissional na área da saúde com a nossa comunidade. Deixe o seu comentário ao final deste conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

RELATED POSTS

Share:

[rock-convert-cta id="14154"]

POSTS POPULARES