Saiba aqui a importância da atribuição da coordenadora pedagógica e quais as suas funções

Qual é a atribuição da coordenadora pedagógica? Essa pode ser uma pergunta comum para quem não está habituado ao dia a dia de uma instituição de ensino. A verdade é que existem muitos elementos responsáveis pelo desempenho diário de uma escola.

Professores, auxiliares, diretores e, até mesmo, os alunos e seus pais são parte do grupo de pessoas que ajudam uma escola a ser o que é. Mas uma categoria fundamental para manter o equilíbrio dos processos de ensino é a coordenação pedagógica.

Neste texto, vou explicar por que ela é tão importante e quais são as funções desse profissional na rede de ensino. Continue!

O que é a coordenação pedagógica?

Surgida na década de 1930, a coordenação pedagógica é um cargo da área de ensino responsável pela gestão dos processos escolares. A ideia inicial era que esse profissional auxiliasse a escola a equilibrar e hierarquizar suas competências pedagógicas.

De lá para cá, a função passou por algumas mudanças importantes. Se no início o foco era uma atuação mais funcionalista e burocrática, quase enxergando a escola como uma empresa, desde a década de 1990, as atribuições passaram a ser determinadas pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), em que se destaca o compromisso em organizar e orientar os meios pedagógicos da escola.

Quais são as suas funções?

Em um primeiro momento, uma das principais funções da coordenação pedagógica é gerenciar e supervisionar os processos educacionais e administrativos, ajudando os professores, os alunos e a diretoria. Mas ela também atua para:

  • fornecer suporte para os professores e os alunos durante as aulas;
  • ajudar na organização das atividades;
  • dar feedbacks;
  • administrar as atividades pedagógicas (projetos interdisciplinares);
  • analisar os métodos de aprendizagem;
  • ambientar o corpo docente e os estudantes sobre as diretrizes da escola;
  • ajudar a direção a gerenciar os recursos humanos e financeiros;
  • revisar o PPP (projeto político pedagógico);
  • garantir a formação continuada do corpo docente.

Por que é importante para a escola?

Essa função é fundamental para que a escola consiga manter a qualidade no seu serviço educacional e possa executar seu plano de ensino de maneira coerente. Além disso, é um profissional importante para fortalecer a relação entre o aluno, professores e os pais, já que muitas vezes se torna um articulador entre esse grupo. Sendo um suporte para a rotina escolar, principalmente dentro da sala de aula.

Qual deve ser a formação desse profissional?

Não há um curso universitário padrão para se tornar coordenador pedagógico em uma escola. No entanto, é necessário que o profissional tenha alguma formação relacionada, como pedagogia, uma licenciatura ou experiência em instituições de ensino.

Além disso, é importante uma formação adicional. Muitos coordenadores, por exemplo, tendem a estudar por conta própria por meio de livros, revistas especializadas e cursos. É possível até fazer uma especialização mais direcionada, como a pós-graduação em coordenação pedagógica.

Quais são os desafios enfrentados pela coordenação pedagógica?

Por ser uma função com diversas atribuições, é comum que o profissional enfrente alguns desafios ao longo da sua jornada. Aqui, separamos alguns dos principais. Confira!

Oferecer suporte adequado aos professores

Uma das funções do coordenador é avaliar os processos de ensino, muitas vezes, estando junto ao professor na sala de aula. Porém, nesse momento, pode acontecer de o coordenador se tornar uma espécie de fiscalizador, com tendência a julgar tudo o que acontece.

Esse não é o objetivo do acompanhamento na sala de aula. A ideia é que ele seja um suporte para o professor e os alunos, ajudando nas demandas diárias e focando em apresentar feedbacks que ajudem na melhoria.

Acompanhar o aprendizado dos alunos

Estar atento ao ensino dos alunos pode ser um trabalho extenso, dependendo do número de alunos. No entanto, muitas vezes, o coordenador se concentra apenas em atividades superficiais.

Segundo o estudo “O Coordenador Pedagógico e a Formação de Professores: Intenções, Tensões e Contradições”, da FVC (Fundação Victor Civita) e FCC (Fundação Carlos Chagas), 55% dos profissionais verificam se a sala está limpa, enquanto 72% avaliam a entrada e saída dos estudantes. Porém, essas são tarefas que não competem na totalidade à coordenação pedagógica.

Para atuar de forma efetiva, o ideal seria que o coordenador acompanhasse o histórico dos alunos, já que são as informações contidas ali que ajudarão a visualizar como os processos de ensino estão gerando resultados, principalmente, os métodos de ensino dos professores.

Organizar os registros

Esse é um ponto delicado da função, pois pode ser facilmente confundida com trabalhos mais burocráticos, como conferir as listas de chamadas, organizar horários para o uso de laboratórios, produzir atas de reuniões, conferir documentos, entre outros.

De fato, o coordenador pode auxiliar nas reuniões e no cuidado com documentações, por exemplo, mas essa não é a atribuição exclusiva do cargo. De maneira geral, quando se trata de cuidar dos registros, o coordenador deve documentar as anotações das chamadas, orientar e revisar o planejamento das aulas e auxiliar na aplicação do Projeto Político Pedagógico.

Ajudar na relação escola e pais

Um processo importantíssimo para a escola é a relação que os seus funcionários possuem com os pais dos alunos. Em parte, esse contato acontece por meio dos professores, porém, os coordenadores possuem um papel muito importante. Eles devem auxiliar para que essa comunicação seja efetiva e para que as insatisfações sejam reconhecidas.

Nesse ponto, a coordenação pode ajudar com a elaboração de pesquisas para enviar aos pais dos alunos, como questionários que auxiliem a esclarecer qual é a visão deles em relação à escola e ao corpo docente, além do que eles acham que deve ser o papel da instituição.

Ao longo deste texto, você viu algumas das atribuições da coordenadora pedagógica, um cargo fundamental para as instituições de ensino, já que auxilia a gerenciar e supervisionar os processos pedagógicos. Além disso, é responsável por fornecer suporte aos professores e alunos na sala de aula, avaliando e dando feedbacks que ajudam a melhorar a qualidade do ensino.

Este texto foi útil para você entender os processos da coordenação pedagógica? Quer aprender mais sobre o universo escolar? Então, acesse o nosso texto sobre especialização ou mestrado e descubra as diferenças! 

SHARE THIS POST

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RELATED
POSTS

Pular para o conteúdo