Descubra aqui 5 dicas de como fazer marketing para clínicas

Não há dúvidas de que a internet se tornou um dos principais canais para a divulgação de qualquer produto ou serviço. O alto alcance e o menor custo são alguns dos motivos pelos quais tantas empresas se valem dela, mas isso não significa que investimentos não são necessários para tirar o melhor proveito desse meio.

Assim, para quem trabalha em consultórios, é fundamental conhecer os princípios básicos do marketing para clínicas, especialmente para melhorar sua divulgação e se destacar no mercado.

Neste texto, vou apresentar as 5 dicas sobre como fazer esse tipo de marketing. Siga com a leitura!

Conheça o marketing médico

Podemos pensar em marketing como a melhor forma de apresentar um produto ou serviço que atenda às necessidades de um público-alvo. Para isso, utilizamos uma série de técnicas que exploram, geram e proporcionam valor para essas pessoas.

No caso do marketing médico, o fundamento é o mesmo, porém, a diferença é seu público. Aqui, as técnicas e os conteúdos são específicos para dar valor aos espaços que cuidam da vida humana, sejam consultórios, hospitais, clínicas etc.

Nesse sentido, os canais digitais são muito importantes para a realização desse tipo de marketing. É preciso que a clínica garanta um suporte completo de divulgação e acesso. Além disso, o paciente deve ser capaz de entrar em contato com a marca por diferentes espaços, como pessoalmente, por telefone, mensagem, redes sociais, entre outros meios.

Algumas das características principais de um bom marketing médico são:

  • bom posicionamento do site no Google;
  • redes sociais ativas, por meio de postagens orgânicas ou pagas;
  • disponibilidade para trocar mensagens no WhatsApp ou Messenger;
  • canais 24h para agendamento e esclarecimento de dúvidas;
  • produção de conteúdo relevante por meio de blog.

Descubra 5 dicas de marketing para clínicas

Alguns dados podem mostrar a eficácia do marketing focado em clínicas médicas. Por exemplo, segundo o site Capminds, 90% dos pacientes se baseiam em análises online para avaliar os profissionais de saúde, enquanto 66% dos usuários realizam pesquisas online para entender melhor sobre problemas de saúde.

Isso não são só números reveladores sobre os padrões de comportamento das pessoas, mas representam um grande potencial de oportunidades. No entanto, sem conhecer as técnicas básicas do marketing digital, é difícil aproveitar toda a capacidade que ele oferece.

Por isso, neste tópico, vou apresentar 5 das principais dicas para alavancar o seu negócio. Continue!

1. Defina o seu público-alvo e persona

Mesmo quem não tem um contato direto com os fundamentos do marketing já conhece a ideia de público-alvo. De forma resumida, é um nicho comportamental e demográfico do mercado que a empresa quer alcançar, portanto, estratégias e campanhas são criadas, visando a atingir esse grupo específico.

No entanto, não podemos apenas trabalhar com a ideia de público-alvo, mas também com outro segmento: a persona. Aqui, a confusão pode ser grande, pois ambos são uma forma de segmentar um grupo de consumidores. Entretanto, enquanto o público-alvo tende a ser mais geral, a persona é bem mais específica, principalmente em relação ao comportamento, gostos e características.

Por exemplo, enquanto o público-alvo pode ser “homens de 40 anos, que moram em centros urbanos”, a persona é mais específica, por exemplo: “Paulo, 40 anos, mora na cidade de São Paulo, trabalha como gerente, quer começar a cuidar da saúde, pois começou a sentir dificuldades para fazer caminhadas”.

Logo, a melhor maneira de encontrar tanto o público-alvo quanto a persona é por meio da pesquisa com os seus próprios clientes. Aproveite as redes sociais da empresa e outros canais para conhecer seus consumidores. Crie formulários para entender melhor quem eles são e, assim, desenvolver a ideia de público.

É interessante observar que esses dois conceitos são fundamentais para a estratégia e, inclusive, se complementam, pois, muitas vezes, no público-alvo está a persona.

2. Peça a avaliação dos clientes

Para a estratégia de marketing, a avaliação dos clientes é uma arma poderosa. Afinal, é a prova de que o serviço conseguiu satisfazer as necessidades dos compradores. Não é incomum encontrarmos depoimentos de consumidores ou conteúdos em blogs que expliquem como a empresa X ajudou o cliente.

Entretanto, apesar de ser uma maneira bastante eficaz para a divulgação, no caso de profissões relacionadas à saúde é preciso ter cuidado. Alguns códigos de ética, como o do setor odontológico, não permitem esse tipo de divulgação, visto que implica a exposição dos dados do paciente, salvo em casos de consentimento, mas nunca para autopromoção ou benefício do consultório. O que fazer então?

Caso queira utilizar o depoimento de seus consumidores, além de pedir autorização por escrito, atente para o conteúdo — é melhor que ele seja mais educativo do que exatamente de divulgação dos serviços. Por exemplo, o paciente pode falar sobre os benefícios do tratamento e o que mudou em sua vida ao começar o tratamento. No entanto, não especifique que sem a sua clínica o paciente não poderia ter melhorado e não cite o nome de quem fez o atendimento.

3. Invista no atendimento

Alguns profissionais acham que o atendimento não tem uma relação direta com o marketing, porém, estão enganados. Após encontrar a sua clínica, o contato se dá por meio do atendimento. Isso significa que, no momento de tomar uma decisão, uma experiência ruim nesse processo pode ser crucial para que ele nunca mais volte.

Alguns investimentos serão necessários para tornar o atendimento um parceiro ideal para a atração de mais clientes. Tenha uma equipe capaz de direcionar os pacientes e responder às dúvidas. Além disso, utilize chatbots para automatizar tarefas mais básicas, como:

  • marcar as consultas em qualquer dia e horário;
  • esclarecer dúvidas iniciais;
  • enviar lembretes de consultas;
  • atender diversos usuários ao mesmo tempo.

Perceba que os chatbots não fazem o mesmo trabalho que sua equipe de atendimento. Eles funcionam como um complemento ao ofício, garantindo que os atendentes possam focar em atividades mais importantes.

4. Trabalhe com o funil de vendas

Agora entramos em uma área mais específica do marketing digital, principalmente, o de conteúdo. A ideia é desenvolver conteúdos mais direcionados, ou seja, materiais capazes de atrair os pacientes pelo desenvolvimento de uma imagem de seu consultório. Nesse sentido, será preciso criar uma jornada do cliente baseada no que chamamos de funil de vendas.

São três etapas (topo, meio e fundo) que levarão o consumidor a entrar em contato com o consultório. O funil é muito utilizado para outros setores, especialmente de vendas, mas pode ser adaptado para a realidade médica. Então, vamos entender como funciona?

A necessidade

Uma das primeiras partes do funil é o topo. Nessa fase, o cliente tem uma necessidade e quer saber como resolvê-la. Ele pode estar em busca de uma informação para sanar essa carência. No caso de um serviço médico, geralmente, a busca é para saber o que está errado com ele ou qual é a doença que está acometendo-o. Então, o que ele faz? Ele realiza uma pesquisa em algum buscador.

Logo, para atrair a atenção do cliente nessa etapa, é fundamental que a empresa tenha conteúdos informativos, que sanem a dúvida inicial e que o direcionem para o melhor entendimento sobre o seu problema. Posts em blog e redes sociais são ideais para essa etapa.

A busca

Essa fase já corresponde ao meio do funil, porém, ainda não é o momento em que o cliente contratará um tratamento. Agora, a procura é mais direcionada, já que, com as informações da primeira etapa, o usuário sabe o que tem e até quais são as possíveis soluções. Nesse momento, ele procurará por um especialista.

Essa pode ser uma etapa crucial para a clínica, pois, se ela não estiver em uma boa posição no buscador, dificilmente será escolhida. O ideal é estar nas primeiras páginas e isso só se consegue pela união de um site otimizado (estratégia de SEO) com conteúdos relevantes.

Atente para que as informações da empresa estejam bem detalhadas, afinal, o usuário pesquisará pela especialidade, nome da doença, tratamento e localidade.

A escolha

Nessa fase, chegamos ao fundo do funil. O cliente já escolheu algumas possibilidades de acordo com a localidade e especialidade. Portanto, ele começará a fazer uma pesquisa mais aprofundada, não só entrando no site da empresa, mas também verificando o que dizem sobre o atendimento.

Entenda que, nesse momento, a clínica ainda está conquistando o usuário. Por isso, é importante ter conteúdos que demonstrem autoridade sobre o assunto, como materiais que demonstrem que o consultório entende do assunto e apresenta soluções eficazes. Avaliações de pacientes também funcionam muito bem nessa etapa, além de divulgar materiais científicos que reforcem o conhecimento dos profissionais.

A decisão

Por fim, o cliente já foi nutrido com os seus conteúdos, entendeu o que tem e que tipo de tratamento precisa, além de conhecer mais sobre a sua clínica. Agora, é o momento em que ele está pronto para entrar em contato e marcar a consulta.

Geralmente, é um período em que o usuário não tem tanta paciência, por isso, é ideal que a empresa tenha um bom canal de atendimento. Chatbots ou uma assistente virtual serão fundamentais, além de disponibilizar diferentes canais para marcar consultas.

5. Invista em produção de conteúdo

Como falei, uma parte importante de sua estratégia de marketing serão os conteúdos. A produção deve ser pensada para alimentar cada etapa do funil, mas especialmente para a fase inicial, em que será necessário transformar o blog de sua clínica em uma referência.

Não é uma etapa imediata, e os resultados só começam a aparecer depois da produção de muitos conteúdos. Em alguns casos, pode levar um ano de materiais mensais para ver o crescimento de acessos. Além disso, esses textos não podem ser escritos de qualquer jeito. Eles devem entregar valor, então, precisam ser informativos e escritos com qualidade.

Algumas dicas para tornar o seu site uma autoridade são:

  • escreva sobre as tendências das pesquisas e os serviços oferecidos;
  • use assuntos recorrentes e as principais dúvidas dos clientes;
  • aproveite esse momento para educar os usuários sobre a importância da busca de tratamento.

Conheça os cuidados ao divulgar os seus serviços

Apesar de o marketing digital ser uma ótima maneira de atrair e conquistar clientes, ainda é preciso ter alguns cuidados para que a divulgação seja eficaz. Separei alguns dos principais, vamos lá?

Tenha atenção com a divulgação

É fundamental que a sua empresa tenha uma página no Google Meu Negócio. É nele que estão as principais informações para que os usuários entrem em contato com a sua clínica. Além de ser um cadastro gratuito, é possível colocar o horário de atendimento, endereço e especialidade. Também, é com isso que o Google complementa o Google Maps, sendo um bom meio de o seu consultório ser encontrado.

Invista em experiência do usuário

O seu site precisa ter um design responsivo (otimizado para dispositivos móveis) e acessível. Atente para que os menus sejam claros, não haja páginas quebradas e para que as informações de contato estejam bem posicionadas, assim como o acesso ao chat.

Otimize sua página

Aqui, vale o investimento em SEO, ou seja, configurar a sua página para os buscadores. Basicamente, trata-se de tornar o seu site mais legível para o Google, para ele entender sobre o que é o seu conteúdo e o direcione para os usuários interessados. Nesse sentido, algumas dicas básicas são:

  • utilize protocolo de segurança HTTPs;
  • aposte em palavras-chave nos títulos, nomes das imagens, subtítulos e também ao longo do conteúdo;
  • invista em materiais escritos com qualidade e razoavelmente longos, de 500 a 1000 palavras é uma boa maneira de começar;
  • divulgue nas suas redes;
  • invista em backlinks tanto de outros sites com autoridade quanto do seu;
  • seja constante, produza um número periódico de materiais;
  • esteja atento para escolher palavras-chave que tenham relação com a pesquisa por voz.

Alguns plugins e ferramentas podem ajudar a melhorar o desempenho da sua página. Caso use WordPress, o plugin Yoast SEO auxilia a entender o que é preciso para estar bem posicionado conforme a palavra-chave. Além disso, ferramentas como Ubersuggest ajudam na busca de palavras-chave.

Durante este texto, apresentei algumas das principais dicas de como aplicar o marketing para clínicas. Note que esse é um trabalho constante, em que não só será necessária uma produção de conteúdo de valor, mas também monitorar o comportamento de seus consumidores e investir em um bom atendimento.

Este texto foi útil para você? Continue acessando mais as nossas dicas! e para saber sobre nossos progrmas de mestrado entre em contato!

SHARE THIS POST

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RELATED
POSTS

Pular para o conteúdo