Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

Quais são as principais tendências para a área da saúde? Confira aqui!

quaissaoasprincipaistendenciasparaaareadasaudeconfiraaqui

A cada início de ano, criamos expectativas para o investimento em nossa vida profissional. Para que a realização de novos projetos tenha sucesso, é importante ficar atento às tendências para a área da saúde.

Antes de preparar a sua clínica, descubra o que de inovação está acontecendo no mercado competitivo, especialmente no que se refere às novas tecnologias, pois elas são indispensáveis para modernizar os trabalhos e potencializar o seu negócio.

Quer ficar bem informado sobre as novas tendências para a área da saúde? Vou apontar algumas delas para você. Continue comigo!

Wearables

Os wearables são conhecidos como “dispositivos vestíveis”. Eles podem ser utilizados para fazer o monitoramento da saúde e, por isso, se constituem parceiros da telemedicina. Existe uma diversidade de wearables, por exemplo, os smartwatches como o Galaxy Active 2, que pode aferir como eletrocardiograma (ECG) e outras funções.

Os wearables podem acompanhar ligações de celulares, o nível de oxigênio no sangue, dar a previsão do tempo, servir de GPS, mostrar gastos com calorias, além de outros tipos de serviços. Devido a essa dinâmica, ele é considerado um dispositivo multitarefa que chegou para interromper os acontecimentos normais dos processos rotineiros.

Os dispositivos vestíveis transformam as diversas formas de realizar as atividades do dia a dia, como:

· maneira de fazer pagamentos;

· formas de praticar esportes;

· diferenciais no atendimento à saúde;

· utilização na moda;

· internet das coisas;

· transformação digital.

Internet das coisas

A internet das coisas, conhecida como IOT, tem tomado uma nova dimensão na área da saúde. Ela tem realizado benfeitorias em pacientes, profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, técnicos e outros profissionais), unidades de saúde, pesquisas do ramo etc.

O sistema de saúde tem se desenvolvido intensivamente com a IOT Medicina. Esse dispositivo oferece inúmeras atividades quando se trata de atendimento a pacientes. Veja alguns benefícios que a sua utilização pode trazer:

· monitoramento permanente do paciente;

· intensificação de ações preventivas;

· prevenção de doenças;

· facilidade no compartilhamento de dados.

Impressora 3D

As impressoras são instrumentos indispensáveis em qualquer ambiente de trabalho. Vou mostrar para você como ter uma impressora 3D pode ser um diferencial na sua clínica.

O avanço tecnológico fez da impressora 3D um equipamento capaz de revolucionar a apresentação de dados em diversas áreas de trabalho. Na área da saúde, ela materializa os resultados dos exames de forma tridimensional. Isso auxilia os médicos a avaliarem o problema com mais profundidade e a decidir sobre o que aplicar para beneficiar o paciente.

Armazenamento em nuvem

Todos os clientes da clínica disponibilizam seus documentos para fazerem o seu cadastro. Após a conclusão dos exames, os diagnósticos são inseridos no cadastro do paciente. Todas essas informações precisam ser preservadas pela instituição.

O armazenamento em nuvem oferece segurança aos dados salvos nos sistemas da clínica. Ao realizar instantaneamente o backup dos dados, evita-se a possibilidade de perda, caso ocorra problemas de software, pois as informações já estão seguras ao serem salvas na nuvem.

A organização deve atentar-se, também, para o cumprimento da LGPD, que já está valendo a partir deste ano. Ela preza pela segurança de dados de terceiros e tem uma normatização a ser cumprida. Nos casos de descumprimento, a empresa fica sujeita a diversas penalidades.

Inteligência artificial

A inteligência artificial na área da saúde tem avançado excepcionalmente nos últimos anos e pode desenvolver um atendimento diferenciado na sua clínica.

Atualmente, ela é uma das maiores automatizações de processos, pois as máquinas, em inúmeras situações, falam pelas pessoas para agilizarem informações em que não existe a necessidade de deslocamento do cliente. Os sistemas de informação estão capacitados para fazer leituras de algoritmos que trabalham como se fosse voz humana e podem auxiliar no tratamento de doenças.

A inteligência artificial pode ser utilizada no diagnóstico de sintomas por meio de uma ferramenta conhecida como TensoFlow. Ela é foi desenvolvida pelo Google e tem o estilo de uma biblioteca de software. Por meio dela, é possível diagnosticar complicações da diabetes, conhecida como retinopatia diabética.

Ela tem feito diagnósticos precisos em casos de doenças comuns que podem levar à cegueira. Zang e alguns colegas escreveram um novo artigo em que fizeram a utilização de uma rede neural convolucional com base em IA, para fazer a revisão de mais de 200.000 varreduras oculares, que aconteceram com o uso de tomografia de coerência óptica. É um processo não invasivo que reflete a luz da retina para realizar demonstrações bidimensionais e tridimensionais do tecido.

Esses avanços tecnológicos podem ser utilizados, também, nos atendimentos telefônicos da clínica e em casos de algumas informações administrativas, como valores de exames, marcação de consulta etc.

Telemedicina 

Telemedicina é uma forma de praticar a medicina a distância. Uma forma de realizar esse atendimento médico é por meio de videoconferência. Para se ter esse tipo de acesso, o médico e o paciente precisam instalar o aplicativo para que a consulta possa acontecer.

Em abril de 2020, o Conselho Regional de Medicina (CRM) reconheceu, sob caráter de urgência, a telemedicina no Brasil, por consequência do período de pandemia, causado pelo novo coronavírus.

Inserir a prática da telemedicina em sua clínica vai ser um diferencial entre os seus concorrentes. Embora não possa ser utilizada em alguns casos, como problema pulmonar, por exemplo, é de grande valia em outras situações. Em alguns casos, a Telemedicina pode ser uma pré-consulta. O médico avalia o paciente e, se perceber a necessidade, ele pode solicitar uma consulta presencial para fazer um diagnóstico mais preciso.

Com o auxílio da telemedicina, o médico pode fazer a leitura de exames, assistir pacientes com dificuldades de locomoção e com doença crônica, fazer consultas preventivas e de cuidados com a saúde, atender a retorno de consultas etc.

Portanto, permanecer atualizado sobre as tendências para a área da saúde é necessário para manter o foco no desenvolvimento da sua clínica. As novas tecnologias avançam de forma célere a cada dia, e é preciso acompanhá-las para não estacionar no tempo. Procure seguir fontes que possam manter você informado. Nesse sentido, o blog da Must University, por exemplo, é atualizado frequentemente e pode ser um grande suporte para você.

Gostou das informações do artigo? Eu convido você a curtir a nossa página no Facebook, para seguir acompanhando as nossas publicações e passar a ter mais uma fonte de informações.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

POSTS RELACIONADOS

Share:

[rock-convert-cta id="14154"]

POSTS POPULARES