Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

7 dicas para escolher um mestrado em uma universidade internacional

7dicasparaescolherummestradoemumauniversidadeinternacional

Atualmente, o mestrado é um passo importante para quem quer aprofundar o conhecimento em uma área de atuação e melhorar as oportunidades de recolocação profissional. Mas, para dar início aos estudos de pós-graduação, é preciso escolher uma boa universidade internacional, com reputação na linha de pesquisa escolhida pelo estudante.

Pensando nisso, este conteúdo apresenta o que é o mestrado e a diferença entre as modalidades lato sensu e stricto sensu. Em um segundo momento, o texto lista as principais dicas que ajudam a escolher um bom curso de pós-graduação em universidade internacional. Quer conhecer mais sobre o assunto? Continue a leitura!

Afinal, o que caracteriza um mestrado em universidade internacional?

De forma geral, o mestrado em universidade internacional é um curso de stricto sensu que aprofunda o saber técnico e científico obtido pelo estudante na graduação.

Dessa forma, o objetivo do curso, oferecido por um programa de pós-graduação na universidade, é estimular a reflexão teórica e prática do aluno em uma área do conhecimento.

O mestrado, geralmente, se dedica a aprofundar a investigação sobre temas teóricos, sendo um forte requisito para quem quer seguir a carreira de professor universitário ou pesquisador.

No entanto, esse curso stricto sensu pode ser oferecido na modalidade profissional, fato que explica a crescente busca dos recrutadores por trabalhadores competitivos e com larga formação acadêmica, isto é, com graduação e mestrado concluídos em uma área de atuação específica.

Qual é a diferença entre pós-graduação lato sensu e stricto sensu?

Inicialmente, é importante entender o que é um curso lato sensu, expressão latina que significa, em tradução livre, “sentido amplo”. Dessa forma, o termo se refere, quando aplicado à educação, a programas de especialização e Master Business Administration (MBA), que têm curta duração (geralmente, são oferecidos em até dois semestres) e emitem um certificado para o concluinte.

Por outro lado, um curso de stricto sensu (“sentido estrito”, em tradução literal do latim) está mais ligado à tradição acadêmica, oferecido na modalidade mestrado (profissional ou acadêmico) e doutorado (acadêmico).

O diferencial de um programa stricto sensu, comparado ao de lato sensu, é que tem como foco a produção científica do estudante, o qual deve apresentar um trabalho à banca competente para, então, receber o diploma internacional de conclusão do curso. 

Que dicas ajudam a escolher um mestrado em universidade internacional?

Até aqui, você já sabe quais são as informações gerais sobre o mestrado. Porém, a dúvida que resta é como escolher, realmente, um curso de pós-graduação na universidade internacional, não é? Listamos as principais dicas!

1. Dedicação pessoal à pesquisa

Na escolha do curso internacional de mestrado, o estudante deve perguntar-se, primeiramente, se aquele é o momento certo para se dedicar à pesquisa e ao aprendizado no ambiente universitário.

O motivo é que, nesse período, será necessário focar a atenção na pós-graduação, seja para assistir às aulas e cumprir a carga horária obrigatória, seja para conduzir um trabalho de investigação em determinada área do conhecimento.

2. Interesse pela linha de pesquisa

Além de analisar o momento ideal para se dedicar à vida acadêmica, o estudante deve pesquisar sobre o campo científico e chegar a linhas de pesquisa que mais lhe chamem a atenção. O motivo é que, ao longo da pós-graduação, ele deve se aproximar de assuntos específicos, aprofundando o conhecimento técnico e acadêmico em uma área.

3. Conhecimento sobre matriz curricular

É inevitável: todo curso depende de uma matriz curricular. O documento especifica as matérias ofertadas, os assuntos abordados em sala e a carga horária de cada curso. Assim, o currículo ajuda o estudante antes mesmo da matrícula, podendo ter uma base prévia sobre o aproveitamento do semestre letivo.

É importante conferir, ainda, se as disciplinas ofertadas durante o semestre do mestrado podem contribuir com o conhecimento do aluno em determinada linha de pesquisa (subárea em que se divide a área de concentração do mestrado), trazendo informações relevantes para a investigação e para a capacitação do profissional.

4. Reputação da universidade na área de estudo

Para escolher um mestrado ideal, você deve prestar atenção, também, à reputação da universidade internacional que oferece o curso em determinada área do conhecimento.

Uma dica é avaliar o site e as redes sociais digitais da instituição, procurando informações sobre a equipe de pós-graduação e os alunos egressos a respeito da qualidade de ensino no centro universitário.

5. Aulas dinâmicas e plataformas tecnológicas

É verdade que a educação exige uma constante atualização por parte dos professores e das instituições. E não seria diferente com os programas de pós-graduação, que devem oferecer aulas dinâmicas para os alunos (preferencialmente, em horários flexíveis) e usar plataformas tecnológicas, que possibilitem o ensino a distância, por exemplo.

6. Avalie o setor de suporte ao aluno

Após as aulas, é comum que os discentes (estudantes) tenham dúvida em relação ao conteúdo da disciplina e à forma de avaliação, por exemplo. Nesse sentido, é interessante informar-se sobre como se dá o suporte da instituição à comunidade acadêmica, perguntando ao programa de pós-graduação sobre os canais de comunicação e a disposição dos docentes para atender à demanda dos alunos.

7. Experiência do corpo docente

Ao longo da formação no mestrado, o estudante precisa assistir a aulas e realizar um trabalho profissional ou científico (dissertação) conduzido por determinada linha de pesquisa.

Por isso, é essencial contar com a ajuda de um corpo docente (equipe de professores) experiente, com publicações acadêmicas e inserção no mercado de trabalho, para ajudar o aluno nesse processo pelo qual é necessário passar para ter um diploma de universidade internacional.

Neste conteúdo, você entendeu quais são as melhores dicas para encontrar um mestrado ideal em universidade internacional. Por isso, vale a pena pesquisar sobre a instituição e os professores ligados à área de conhecimento afim, devendo o estudante refletir, também, sobre o momento certo para se dedicar à vida acadêmica e os seus objetivos com essa escolha profissional.

Gostou do texto? Se sim, não perca outros materiais interessantes sobre o ensino superior aqui no nosso Blog !

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

2 thoughts on “7 dicas para escolher um mestrado em uma universidade internacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

POSTS RELACIONADOS

Share:

[rock-convert-cta id="14154"]

POSTS POPULARES